Quarta, 23 de Junho de 2021 06:15
45 988066409
13°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 4,97

Euro

R$ 5,93

Peso Arg.

R$ 0,05

Municípios Maripá

Maripá inicia terceira fase da vacinação contra a Influenza nesta quarta-feira (9)

Pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 devem aguardar de 14 a 21 dias para tomar a vacina contra a Influenza

08/06/2021 17h35 Atualizada há 2 semanas
Por: [email protected] Fonte: Assessoria
Assessoria
Assessoria

A Secretaria de Saúde de Maripá inicia nesta quarta-feira (9) a terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Nesta fase, serão imunizadas pessoas com comorbidades, deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privadas de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

A orientação do Ministério da Saúde é que pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 devem aguardar de 14 a 21 dias para tomar a vacina contra a Influenza, conforme orientação do fabricante do imunizante.

A vacina será aplicada a partir das 9h30, excepcionalmente nesta quarta-feira (9).

Nos demais dias, a vacinação começa às 8h30 na Sala de Vacinas do Centro de Saúde da sede.

A vacinação será por ordem de chegada, com a distribuição de senhas.

Nos distritos de Candeia e Pérola Independente, é necessário fazer o agendamento na Unidade Básica de Saúde (UBS).

GRUPOS ANTERIORES – Pessoas que integram os grupos contemplados nas fases anteriores de vacinação também podem se vacinar.

São eles: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais e professores das escolas públicas e privadas.

VACINAÇÃO – Em Maripá, a cobertura vacinal está em 54,2%, superando as médias estadual (33,4%) e nacional (28,6%).

Até o momento, foram aplicadas 1.166 doses da meta de 2.153 pessoas elencadas nos grupos prioritários no município.

O grupo com maior cobertura vacinal é o de crianças (99,8%), seguido dos trabalhadores de saúde (63,5%), gestantes (60,1%), idosos (53,9%), professores (44,2%) e puérperas (35,7%).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias