Terça, 28 de Setembro de 2021 07:20
45 988066409
20°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,39

Euro

R$ 6,3

Peso Arg.

R$ 0,05

Municípios Marechal Rondon

Valorização à vida norteia a campanha Setembro Amarelo em Marechal Rondon

Secretarias de Assistência Social, de Saúde, e de Esporte e Lazer, além do COMMUR, realizam programação para alertar a população sobre o suicídio no Brasil e em relação às formas de prevenção

04/09/2021 06h28 Atualizada há 3 semanas
Por: [email protected] Fonte: Assessoria
Assessoria
Assessoria

Desenvolver atividades para alertar a população acerca da realidade do suicídio em nível nacional, suas formas de prevenção, com a principal finalidade de valorizar a vida. Estes são os propósitos almejados com a campanha Setembro Amarelo, realizada em conjunto pelas secretarias de Assistência Social, de Saúde, e de Esporte e Lazer de Marechal Cândido Rondon, e apoiada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Rondonense (COMMUR).

A primeira ação aconteceu quinta-feira (02) à noite, na Congregação Luterana Cristo, quando foi abordado o momento devido à pandemia da Covid-19, que deixou pessoas com complicações, além de outras que faleceram. “Apresentamos opções para amenizar o sofrimento enfrentado por muitas pessoas. Entre elas estão ajuda psicológica e atividades físicas”, expõe a presidente do COMMUR, Cleonice Ribeiro Novaes.

 

Atenção

Conforme a secretária municipal de Assistência Social, Josiane Laborde Rauber, a campanha Setembro Amarelo é o momento ideal de chamar atenção para um problema que pode ser evitado. “A prevenção ao suicídio cabe a todos, à saúde e à política públicas, assim como para toda sociedade. Este é o momento de fortalecimento das políticas públicas também para desmistificar questões que envolvem o suicídio, pois é preciso superar o preconceito, os julgamentos e colocar luz para falar com responsabilidade sobre este assunto, compreendendo a dor do outro. É necessário ter empatia, diálogo e perceber o que pode ser prevenido”, frisa.

A secretária municipal de Saúde, Marciane Specht, salienta que no decorrer deste mês uma equipe composta por profissionais como

psicólogos, assistentes sociais e educadores físicos visitará empresas, igrejas e clubes de mães. “Estes profissionais discorrerão sobre o tema e orientarão em relação aos exercícios físicos”, pontua.

 

Apoio

Reconhecer a necessidade de ajuda, bem como apoiar quem se encontra em uma situação difícil são fundamentais para a pessoa dar a volta por cima. Algumas formas de prevenir o suicídio são: avisar os familiares e pessoas próximas, procurar apoio médico (psiquiátrico) e psicológico, além de conversar e incentivar a pessoa a buscar ajuda e não desistir. Estes são exemplos que auxiliam a pessoa a se sentir acolhida, apoiada, o que também contribui bastante no processo de recuperação.

 

BOX

Telefones úteis

188: Converse gratuitamente com um voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) de todo o território nacional, 24 horas por dia

192: Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)

3254-7880: Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Marechal Cândido Rondon

3254-1847 ou 99124-5707: Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)

3254-8329 ou 99146-7713: Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias