Terça, 28 de Setembro de 2021 07:21
45 988066409
20°

Poucas nuvens

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 5,39

Euro

R$ 6,3

Peso Arg.

R$ 0,05

Municípios Marechal Rondon

Vacina contra a gripe segue disponível nos postos de saúde rondonenses

Doses são aplicadas nas unidades da sede e dos distritos. Moradores de Bom Jardim e de São Roque devem se deslocar a Iguiporã e Margarida

09/09/2021 17h39 Atualizada há 2 semanas
Por: [email protected] Fonte: Assessoria
Assessoria
Assessoria

A Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon alerta que a vacina contra a gripe para toda a população acima dos seis meses continua disponível nas unidades de saúde da sede e dos distritos.

A pasta esclarece que as doses apenas não são aplicadas nos postos de saúde de Bom Jardim e de São Roque, haja vista que não contam com sala de vacinação.

Os moradores destas localidades precisam se deslocar para a unidade de saúde mais próxima, dos distritos de Iguiporã e Margarida.

O horário de atendimento nos postos de saúde é das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Marciane Specht, quem se vacinou contra a gripe em anos anteriores deve tomar a dose novamente, pois a taxa de proteção da vacina diminui após alguns meses. “Os vírus da gripe possuem alta capacidade de mutação. Logo, as cepas que circulam agora são bem diferentes daquelas que aterrorizaram no inverno passado”, expôs.

Gripe e Covid-19

Em relação ao intervalo mínimo entre as vacinas contra a gripe e contra a Covid-19, Marciane salienta a necessidade de respeitar o período mínimo de 14 dias, como precaução. “Esse intervalo entre as vacinas foi recomendado tanto pelo Ministério da Saúde quanto pela Sociedade Brasileira de Imunizações”, completa a secretária.

Importância

Devido à pandemia da Covid-19, a imunização contra a gripe se tornou ainda mais importante, a considerar que a vacina torna o sistema imunológico protegido contra cepas do vírus influenza, que são mais comuns do que no caso do coronavírus.

A vacina da gripe não diminui o risco de contágio por coronavírus. Mas, ao proteger a população mais vulnerável, a dose injetada evita que a influenza sobrecarregue o sistema respiratório. Sabe-se que a Covid-19 tende a provocar complicações em quem está enfraquecido por uma doença ou carrega outros agentes infecciosos no corpo.

Entre outros, a aplicação da vacina ainda desafoga os postos de saúde e hospitais dos sistemas público e privado, que passam a ter menos pacientes com gripe e mais espaço disponível para atender pacientes infectados pelo coronavírus.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias