Sábado, 28 de Maio de 2022 21:11
45 988066409
19°

Céu encoberto

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 4,73

Euro

R$ 5,08

Peso Arg.

R$ 0,04

Polícia Juri Popular

Empresário rondonense que matou funcionário será julgado nesta quinta-feira (28)

Na denuncia o Ministério Público alega que o homicídio foi cometido por motivo fútil

28/04/2022 07h05 Atualizada há 4 semanas
Por: [email protected] Fonte: MCR News
Policia Civil
Policia Civil

Está  cercada de expectativas a sessão do Tribunal Popular do Juri de Marechal Cândido Rondon, marcada para esta quinta-feira (28) a partir das 8 horas.

         Estará sendo julgado o empresário VALTER LEAL DOS SANTOS, de 52 anos, denunciado por  homicídio, crime ocorrido em 1º de julho de 2021.

         Naquele dia por volta das  9 horas da manhã,  a Rua Pernambuco, em frente a residência numero 1256, região central de Mal Cândido Rondon,  utilizando-se de uma pistola Taurus calibre .380 , o denunciado efetuou disparos contra LIOMAR  MENDES DE SOUZA.

         Ele foi atingido  no quadril e na linha axilar  média esquerda , o que provocou  ferimentos  transfixantes no coração, no pulmões esquerdo e direito e ferimentos de alças intestinais, que,  ao produzirem hemorragia  aguda, ocasionaram a morte da vitima.

         Na denuncia o Ministério Público  relata que o homicídio foi cometido diante recurso que dificultou a defesa do ofendido.

         O MP alega ainda que o homicídio foi cometido por motivo fútil, ou seja,  por desentendimento  pelo fato de o denunciado não aceitar que a vitima Liomar , seu conhecido de mais de 14 anos e que há 05 anos era seu funcionário  no concorrido mercado da construção civil, deixasse de lhe prestar serviços e fosse trabalhar para outro construtor.

         Por postagens em redes sociais o Advogado  Luciano de Souza Katarinhuk, que defende o réu, vai tentar descaracterizar as  afirmações da denuncia e defender a tese da legitima defesa”. 

         A condução da sessão do Tribunal do Juri será  do juiz substituto Dionisio  Lobchenko Jr  e o Ministerio Publico vai atuar com o Promotor Caio Marcelo Santana Di Rienzo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias