Sábado, 28 de Maio de 2022 20:58
45 988066409
19°

Céu encoberto

Marechal Cândido Rondon - PR

Dólar com.

R$ 4,73

Euro

R$ 5,08

Peso Arg.

R$ 0,04

Municípios Maripá

Resposta ao temporal priorizou atendimento emergencial às famílias e produtores rurais em Maripá

O temporal ocorrido no último dia 22 atingiu 1.836 residências na área urbana e rural do município de Maripá.

03/05/2022 09h29 Atualizada há 4 semanas
Por: [email protected] Fonte: Assessoria
Assessoria
Assessoria
 

O documento aponta 4.590 pessoas que tiveram danos em suas casas, bem como usuários de edificações públicas que ficaram desassistidas de atendimento de serviços essenciais, sendo assim diretamente afetados pelo desastre. Duas pessoas ficaram feridas e 28 pessoas ficaram desalojadas após terem suas casas destruídas, sendo alojadas em casas de familiares.

Para amparar estas famílias, o Governo Municipal realizou um trabalho conjunto entre as secretarias municipais, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros para prestar o atendimento emergencial. O trabalho envolveu, inicialmente, a entrega de lonas para a cobertura de móveis e de telhados de residências que tiveram telhas e, até mesmo, telhados inteiros arrancados pelo vento ou danificados pelo granizo.

Posteriormente, 2.909 telhas Eternit 4mm foram entregues por meio da Defesa Civil. “É importante lembrar que estas telhas são enviadas para suprir uma necessidade emergencial e para serem utilizadas no corpo da casa, ou seja, nos cômodos internos, o que não inclui garagem ou barracões e esta é uma orientação repassada pela Defesa Civil do Estado que devemos seguir”, explica o secretário de Viação, Obras e Serviços Públicos, Adilson Gonçalves da Cruz (Chicão), coordenador da Defesa Civil no município. 

ASSISTÊNCIA SOCIAL - Sob a coordenação da Secretaria de Assistência Social, também foi realizada a entrega de 158 kits contendo colchão, travesseiro e manta enviados pela Defesa Civil, além de mais de 170 cestas básicas. “Realizamos um atendimento primário e emergencial para suprir as necessidades básicas das famílias. Agora, as assistentes sociais farão um trabalho de acompanhamento para verificar outras necessidades que possam surgir ou que foram agravadas em decorrência do temporal”, afirma o secretário da pasta, Andrei Maurina. 

PRODUTORES RURAIS – Segundo relatório enviado pela Copel, o temporal resultou em 96 postes de energia quebrados, o que causou a interrupção de energia e o desabastecimento de água em algumas comunidades do interior. Em razão disto, cerca de 30 cargas de água foram levadas até as propriedades para garantir o abastecimento, neste caso, principalmente para os animais. Caminhões-pipa enviados pela C.Vale e pela Prefeitura de Palotina auxiliaram no atendimento aos produtores.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias